Desafios da Personalização de Produtos

Publicado em

Personalização de Produtos

Desafios da Personalização de Produtos

O perfil do consumidor está mudando, bem como o comportamento de consumo e a jornada de compra, que vem ganhando força na internet. Em busca da personalização de produtos, os clientes estão cada vez mais exigentes, bem informados e com maior poder de compra.

Enquanto isso, as marcas vêm tentando adequar estratégias comerciais, a fim de atender as necessidades do mercado e as expectativas de consumo, sem deixar de lançar tendências e se diferenciar de uma concorrência cada vez mais acirrada.

Para manter a competitividade em alta e a pleno vapor, é preciso se adaptar às mudanças e às novas exigências de consumo, apostando, sobretudo, na customização. Continue a leitura para descobrir quais são os maiores desafios para o varejo e como superá-los.

As mudanças no setor do varejo e da moda

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT), a indústria têxtil gerou cerca de 16 mil novos postos de trabalho em 2017.

Para continuar se destacando, o setor precisa ir além e apresentar “ideias fora da caixa”, analisando a concorrência e acompanhando os movimentos do mercado para trazer novas tendências.

Além disso, o uso da tecnologia tem se tornado cada vez mais presente, com o intuito de dar mais inteligência a todos os processos, desde a criação até a produção e comunicação.

Quais os desafios do mercado têxtil?

O primeiro desafio é o destaque no mercado diante de tantas ofertas, que vão além das lojas físicas e estão também na internet, de modo a atender uma demanda em crescimento.

Outro ponto que merece atenção, diz respeito às variações do câmbio, já que parte do material utilizado e da mão de obra vem de fora, principalmente do mercado asiático.

Com as possibilidades da tecnologia, o maior desafio para o setor é a personalização de produtos, ou seja, o desenvolvimento de produtos que atendam os desejos dos clientes e representem traços da personalidade de cada um.

A demanda pela personalização de produtos

O uso da tecnologia vem abrindo portas em todas as áreas e não poderia ser diferente para o varejo. Com ela, os canais de compra, que se apropriam da internet em busca de novos consumidores com uma enorme variedade de produtos para atendê-los.

A qualidade ainda é um fator essencial, mas que começa a ter o mesmo peso de produtos com diferenciais para satisfazer a curiosidade e as vontades dos clientes mais exigentes. É neste contexto que entra a necessidade de apostar em personalização de produtos.

Uma das formas de atender o desejo por produtos cada vez mais customizados de acordo com diferentes perfis de consumidores, é por meio do marketing de varejo.

Entenda a mudança de comportamento do público

Para atender uma demanda do varejo, é preciso antes, entender quais são as mudanças no comportamento do público, bem como seus novos hábitos de consumo.

Onde estão os clientes? Como eles pesquisam e consomem? O que procuram?

A partir das respostas, fica mais fácil direcionar os esforços de comunicação e marketing, com descontos personalizados de acordo com o que eles esperam.

Sem contar a produção das peças, que ganha um direcionamento mais assertivo para corresponder ao mercado.

Crie uma identificação com os clientes

A personalização dos produtos nada mais é do que a identificação que uma marca cria para chamar a atenção do consumidor.

Isso pode acontecer ao apresentar ofertas de acordo com nichos, como roupas de músicas, personagens de filmes ou super-heróis, por exemplo.

Este elo pode ir além da produção e ser replicado também na comunicação, em campanhas com foco no relacionamento e na aproximação entre marca e cliente.

Foque nos diferenciais e surpreenda

Personalizar é também uma forma de se diferenciar. No momento em que uma marca foca em lançar produtos diferentes do que se vê pelo mercado, a curiosidade dos consumidores passa a ser despertada.

Ser notado pelos clientes em um mercado tão cheio de ofertas é um dos maiores desafios para o varejo e para todas as outras áreas.

Como personalizar produtos?

Investir em qualidade e em personalização de produtos vai além dos produtos. Passa pela cultura da marca e pelos discursos de vendas.

A padronização ajuda a fortalecer a imagem da empresa e a dar maior credibilidade quando chega até o consumidor.

O primeiro passo, porém, é trabalhar com a personalização dos produtos, já que será o ponto de partida para os demais setores da indústria.

Preparação

O que o público da sua marca espera? Este é o primeiro desafio, a preparação para entender os desafios da área, as necessidades do consumidor, as tendências que podem combinar com o que se espera, os riscos do mercado e os passos dos concorrentes.

Feedback

Ouvir é bom em qualquer situação. Por isso, quem melhor do que os próprios clientes para dizer o que precisam? As respostas não precisam ser diretas.

Todas as interações contam, desde a visita em uma loja ou a pesquisa no site, troca de ideias com fornecedores, tudo.

Diversificação

Para entrar em diferentes mercados é preciso atender os mais variados públicos. Com a personalização, é mais fácil segmentar os produtos e ganhar vantagem competitiva diante dos concorrentes que atuam no mesmo nicho.

Testes

Para saber se uma estratégia funciona ou não, a melhor forma de descobrir é testando. Customize um produto aqui, personalize outro ali e este como será a aceitação.

Crie coleções pequenas e, dependendo dos resultados, amplie o número de peças e replique.

Vale a pena investir em personalização?

Contar com a oferta de produtos personalizados tem ganhado espaço no mercado e atraído a atenção dos consumidores. Quem não aposta na customização, acaba ficando para trás, junto com outras marcas que ainda trabalham com “mais do mesmo”.

Produtos e serviços diferenciados são mais atrativos, geram valor, despertam a curiosidade e o desejo de consumo em um mercado cada vez mais saturado.

Por meio da personalização, o consumidor, de certa forma, torna-se protagonista do que está consumindo. Isso muda completamente a experiência do cliente, para melhor.

Que tal personalizar e ainda contar com um software para ajudar em todos os processos das vendas?

Então clique aqui e saiba mais sobre o Sistema para Confecção da OrganizaTextil!

Posts Relacionados

Confira um pouco mais do nosso blog abaixo.
#EuVistoBrasil Apoie Essa Idéia

Saiba Mais
Custo Gerencial e Custo Real

Saiba Mais
Máscaras, Eficiência e Crise, 9 Dicas!

Saiba Mais